Final Independent Evaluation of Employ and Employability Project (Jov@Emprego)

Report Cover Image
Evaluation Plan:
2018-2022, Cape Verde
Evaluation Type:
Final Project
Planned End Date:
07/2020
Completion Date:
02/2022
Status:
Completed
Management Response:
No
Evaluation Budget(US $):
20,000

Share

Document Type Language Size Status Downloads
Download document ToR Final Evaluation _ Employ and Employability Project.pdf tor Portuguese 945.39 KB Posted 46
Download document Relat├│rio Final de Avalia├žao Final do Jov@Emprego.pdf report Portuguese 1385.09 KB Posted 45
Title Final Independent Evaluation of Employ and Employability Project (Jov@Emprego)
Atlas Project Number: 00103745
Evaluation Plan: 2018-2022, Cape Verde
Evaluation Type: Final Project
Status: Completed
Completion Date: 02/2022
Planned End Date: 07/2020
Management Response: No
Focus Area:
  • 1. Poverty and MDG
  • 2. Others
Corporate Outcome and Output (UNDP Strategic Plan 2018-2021)
  • 1. Output 1.1. National and sub-national systems and institutions enabled to achieve structural transformation of productive capacities that are sustainable and employment - and livelihoods- intensive
SDG Goal
  • Goal 1. End poverty in all its forms everywhere
SDG Target
  • 1.4 By 2030, ensure that all men and women, in particular the poor and the vulnerable, have equal rights to economic resources, as well as access to basic services, ownership and control over land and other forms of property, inheritance, natural resources, appropriate new technology and financial services, including microfinance
Evaluation Budget(US $): 20,000
Source of Funding: DONOR COST SHARING - LUX DEVELOPPEMENT
Evaluation Expenditure(US $): 13,332
Joint Programme: No
Joint Evaluation: No
Evaluation Team members:
Name Title Nationality
Patricia Carvalho Consultant
GEF Evaluation: No
Key Stakeholders: MINISTRY OF FOREIGN AFFAIRS AND COMMUNITIES, MINISTRY OF FINANCE
Countries: CAPE VERDE
Lessons
1.

A abordagem de intervenção agregadora aos níveis macro, meso e micro, com mecanismos descentralizados, potencia a construção de um SFPI nacional coeso e integrado.


2.

O acompanhamento de beneficiários pós-formação e/ou pós-inserção no mercado laboral é relevante para garantir a eficácia de programas ligados à empregabilidade.


3.

A centralização da gestão de programas e projetos numa só unidade de gestão autónoma favorece a implementação dos mesmos.


Findings
1.

O desenho do Programa incluiu esforços a nível macro (e.g., prossecução de  uma abordagem ao emprego orientada pela procura, alterações legislativas), meso (e.g., reforço de stakeholders relevantes no SFPI), e micro (e.g., trabalho direto com  beneficiários em situação de fragilidade) que permitiram responder aos desafios do SFPI de forma ágil e direcionada para os diversos níveis. Adicionalmente, o esforço de descentralização através da inserção de Antenas em unidades descentralizadas permitiu responder aos desafios ligados à territorialização do PEDS, assim como flexibilizar e adaptar a resposta às idiossincrasias locais tanto em meios urbanos como rurais.


2.

O acompanhamento pós-formação e/ou pós-inserção constitui-se como uma ferramenta importante para de deteção de lacunas nos processos formativos e/ou métodos de empregabilidade. Adicionalmente são indispensáveis para aferir a qualidade e sustentabilidade do emprego, incluindo autoemprego e emprego assalariado, gerado na sequência dos programas. A fase de acompanhamento é exigente do ponto de vista de métodos de recolha de dados e Recursos Humanos adstritos, pelo que a definição de metas previstas para inserção profissional deve acautelar esta exigência.


3.

A estrutura de gestão bipartida do Programa entre OIT e PNUD gerou ineficiências por obrigar à dualidade de práticas e métodos de trabalho. Ademais, preveniu uma abordagem integrada dos vários resultados do Programa. Ressalva-se, no entanto, que a gestão centralizada deve ser flexível para acomodar iniciativas descentralizadas capazes de adaptar as respostas  formuladas às exigências locais.


Recommendations
1

R1. Promover a coerência e diálogo entre os programas de apoio ao emprego e empregabilidade financiados pelo Luxemburgo, promovendo uma interação sistemática que permita explorar linhas de complementaridade de atividades e recursos. Não houve um diálogo sistemático entre os programas de apoio ao emprego e à empregabilidade financiados pelo Luxemburgo que tenha permitido explorar linhas de complementaridade.

2

R2. Criar um Sistema de Monitoria & Avaliação do Programa desde a fase de conceção de programas, para permitir identificar a linha de base dos indicadores de resultado e definir as metas, permitindo entender de forma mais clara o contributo do Programa para essas metas a longo-prazo, i.e., ao nível das mudanças nos parceiros e beneficiários.

3

R3. Promover de forma sistemática o envolvimento do setor privado - empresas, associações empresariais, associações profissionais e sindicatos -, nas atividades de melhoria do SFPI. Este envolvimento permitirá melhorar a adaptação dos programas formativos e das estratégias de empregabilidade aos vários contextos locais e sectoriais. Tal favoreceria o objetivo de promover uma APLD.

4

R4. Investir em equipas de gestão mais robustas, através da centralização da coordenação numa única pessoa – para facilitar processos burocráticos e procedimentais quando o projeto ou programa inclui várias entidades -, assim como através da contratação de RH para tarefas de monitoria e avaliação, e reforço administrativo. Para além disso, em projetos conjuntos, deve ser acordado o formato da gestão do projeto entre as agências logo desde a fase de desenho do projeto

5

R5. Reforçar a vertente do acompanhamento contínuo dos beneficiários finais para garantir a eficácia e sustentabilidade das intervenções, assim como aferir o grau de utilidade e eficácia das mesmas a longo prazo. O acompanhamento pós-formação e/ou pós-integração é uma ferramenta importante para detetar lacunas nos processos de formação e/ou métodos de empregabilidade

Latest Evaluations

Contact us

1 UN Plaza
DC1-20th Floor
New York, NY 10017
Tel. +1 646 781 4200
Fax. +1 646 781 4213
erc.support@undp.org